Vereador Flavinho do Açougue reitera cobrança de providências da Prefeitura sobre a falta de água

Parlamentar ressaltou que está faltando água em toda a cidade

21/12/2018

O vereador Flavio Luis Ambrozim “Flavinho do Açougue” (MDB) usou mais uma vez a tribuna da Câmara para cobrar providências em relação à falta de água. O pronunciamento feito durante a 44ª Sessão Ordinária, realizada no último dia 17, ressaltou que a falta de água atingiu 29 bairros da cidade.

“Toda a cidade de Ourinhos está sofrendo com a falta de água. As pessoas chegam do trabalho e não têm água para tomar banho, doentes chegam de seu tratamento de saúde e não tem água. Isso é um absurdo, um tapa na cada do nosso povo. Antigamente faltava água sim, mas nunca dessa forma”, disse.

Segundo Flavinho, estão fazendo manobras erradas no sistema de fornecimento de água.“Tem pessoas incompetentes que não conhecem o sistema da SAE e vêm fazendo manobras, fechando registros e deixam toda nossa população sem água. Deveriam valorizar os servidores efetivos da SAE e tirar esses incompetentes que entraram agora e não sabem nada”.

O vereador falou dos investimentos que foram feitos nas gestões anteriores. “Sempre falam que a culpa é das administrações passadas. Por isso, não posso deixar de citar algumas obras que foram feitas justamente nas gestões anteriores: construção da estação de elevação da água bruta, construção da torre de chegada ampliando a captação de água bruta e novos tanques, construção do poço do Parque dos Diamantes, construção do poço Santa Maria, implantação de novo conjunto moto bomba no reservatório da Cohab, implantação de rede de esgoto no Jardim Anchieta, reservatório no Jardim São Silvestre, construção de poço no Jardim São João, entre muitos investimentos. E a atual administração depois de dois anos o que fez? Aumentou o preço da água e do esgoto”.

Por fim, Flavinho cobrou ações imediatas. “Cada governo tem que fazer a sua parte, obras em benefício da população. É hora de arregaçar as mangas, chega de falar da gestão passada, agora precisam mostrar competência”.