Vereador Flavinho do Açougue pede que a Prefeitura lave com água clorificada as ruas no entorno do Lar Santa Tereza Jornet

O vereador também falou sobre a situação dos moradores de rua diante da pandemia

07/04/2020

Devido à situação de pandemia do novo Coronavírus e os idosos representarem grupo de risco, o vereador Flávio Luis Ambrozim “Flavinho do Açougue” apresentou o Requerimento nº750/20 pedindo que a Prefeitura lave com água clorificada as ruas e calçadas no entorno do Lar Santa Tereza Jornet.

“O Lar é um local que precisa de todo o cuidado. A Prefeitura tem feito essa lavagem em ruas e calçadas no entorno da UPA, SAMU, Santa Casa, Terminal Rodoviário, Delegacias, Supermercados, entre outros, para proteção do contágio do coronavírus. Falta o asilo. É um grande público vulnerável, os idosos são as principais vítimas da doença. Toda a prevenção é necessária. Espero que o Poder Público enxergue essa situação e faça a lavagem o mais breve possível”, ressaltou o vereador durante a 10ª Sessão Ordinária realizada ontem (06), ressaltou Flavinho.

Também durante a Sessão, o vereador falou sobre a situação dos moradores de rua diante da pandemia. “Apresentei o Requerimento nº751/20 pedindo informações sobre quais medidas estão sendo adotadas para evitar a contaminação de pessoas em situação de rua. Semana passada, saiu uma matéria no site Passando a Régua mostrando vários moradores de rua, os lugares que estão servindo de pouso e que o Centro Pop diminuiu o atendimento”.

Flavinho indagou sobre quais ações a Prefeitura está realizando para que os moradores de rua não se contaminem e transmitam o vírus para outras pessoas. “Vários locais estão servindo de pouso, como o antigo Liverpool e um prédio próximo a linha de trem na rua Antônio Prado. A quarentena está protegendo quem pode ficar em casa, mas e quem mora na rua? A Prefeitura tem que fornecer álcool gel e máscara. Qual a ação de prevenção que está sendo realizada? Espero que a Prefeitura atenda o mais breve possível esse Requerimento”.