Presidente Santiago e Mesa Diretora implantam ações inéditas de valorização dos servidores da Câmara Municipal

 

17/09/2021

Desde que foi eleito Presidente da Câmara de Ourinhos, Santiago colocou como uma de suas principais metas do mandato a valorização dos servidores.

Os desafios são grandes, principalmente devido ao cenário da pandemia e as Leis Federais vigentes desde o ano passado. “O servidor precisa ser valorizado, é a base do serviço público de qualidade. Mesmo com os impeditivos da Leis Federais vigentes até dezembro de 2021, já consegui implantar com o apoio da Mesa Diretora e vereadores um auxílio-saúde inédito para que os servidores possam ter a tranquilidade de contratar planos de saúde”.

Como tudo precisa ser feito com planejamento, as ações para 2022 já foram iniciadas. Santiago e a Mesa Diretora determinaram a criação de uma Comissão Temporária de Reestruturação do Quadro de Pessoal e Atualização do Plano de Carreira dos Servidores. “Meu intuito é que todos os servidores, independente das funções, tenham uma valorização digna, pois o plano de carreira está completamente defasado, refletindo em prejuízos que não podem continuar. Essa Comissão formada pelos servidores efetivos já iniciou os estudos para levantamento de todas as informações necessárias”.

A Comissão composta por sete servidores efetivos vai analisar a atual estrutura administrativa da Câmara e identificar possíveis incompatibilidades, incoerências e disfuncionalidades, propondo soluções sempre de acordo com os princípios constitucionais da Administração Pública.

Além disso, vai examinar o Plano de Carreira dos servidores buscando mecanismos para atualizá-lo, também revisar e readequar funções de todos os setores da Câmara e atribuições dos servidores, examinar os três últimos relatórios de fiscalização do Tribunal de Contas no que se refere ao quadro de pessoal e propor soluções para apontamentos.

Por fim, vai também elaborar o relatório para ser entregue à Presidência e minutas de proposição legislativa da reestruturação administrativa da Câmara e do plano de carreira dos servidores do Poder Legislativo. “Na verdade, quero que todos os servidores efetivos participem de todo o processo, colocando suas sugestões e realidades. Acredito muito que quanto mais democrática for essa discussão, mais ações reais de valorização vão acontecer”.