Presidente Alexandre Dauage realiza reunião na Câmara para integrar ações de divulgação da Lei sobre lixo em lugar impróprio

Legislativo agora tem um número de whatsapp para a população realizar denúncias

19/04/2018

A Câmara de Ourinhos deu mais um passo na campanha de divulgação da Lei, que estabelece multa para quem for flagrado jogando lixo ou entulho em locais impróprios.

Uma grande reunião com a presença de vereadores e de diversos setores da Prefeitura aconteceu no Plenário do Poder Legislativo com o intuito de organizar as ações de conscientização da população e estabelecer um novo sistema de trabalho integrado.

Além do Presidente Alexandre Dauage e dos vereadores Abel Fiel e Éder Mota, estiveram presentes a Secretária Municipal de Saúde, Cássia Palhas, Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico Sustentável, Sérgio Gaspar, Agentes de Controle de Endemias, Agentes Comunitários de Saúde, Fiscais de Postura, representantes da Vigilância Sanitária, Conselho Municipal de Saúde, Associação de Moradores de Bairro e outros servidores.

No ano passado, por iniciativa do vereador Abel Fiel, a Câmara aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Complementar nº948/17, que estabelece novas formas de denúncia e multa para quem for flagrado jogando lixo, entulho ou qualquer tipo de detrito em local impróprio.

Na tentativa de conscientizar a população, o presidente Alexandre Dauage solicitou a impressão de 20 mil folhetos informativos sobre a nova Lei e, por isso, fez o chamamento de todos os setores envolvidos para que aconteça uma somatória de esforços na aplicabilidade da legislação.

Outra iniciativa foi a disponibilização de um número de Whatsapp na Ouvidoria da Câmara (14 997708221) para que a população possa fazer a denúncia. “Estamos recebendo muita reclamação na Ouvidoria de lixo em locais impróprios. Queremos ampliar os canais para que a população possa fazer denúncia. Nosso objetivo nessa reunião foi integrar todos os responsáveis para que saibam dessa nova Lei. Temos que realizar ações que ajudem na melhoria da qualidade de vida de toda a população, pois lugares com lixo e entulho estão sujeitos ao aparecimento de animais peçonhentos, sem contar o problema da Dengue”, disse o Presidente Alexandre.

A Secretária de Saúde Cassia Palhas ressaltou a importância da iniciativa. “Acreditamos que esse canal de denúncia via Whatsapp vai ajudar bastante. A ampliação da Lei foi muito importante e agora temos um respaldo para agir”.

O vereador Abel também falou sobre a iniciativa. “Foi uma reunião muito frutífera com as equipes que são responsáveis pela saúde da cidade, agentes ficais, epidemiológicos, meio ambiente. É mais um passo para que essa Lei tão importante possa combater esse tipo de crime, principalmente em beiras de lagos e córregos”

Éder Mota ressaltou o grande avanço. “Aprovamos uma Lei que ajuda de forma concreta na preservação do meio ambiente. Temos muitos pontos preocupantes na cidade, a Prefeitura limpa e muito rapidamente o local está cheio de lixo de novo. A ampliação dos canais de denúncia é fundamental e também estou sugerindo que se coloque câmeras de monitoramento nos lugares críticos”.