LUCAS ACUSA PREFEITURA DE FRAUDE EM PROJETO NA ÁREA DA EDUCAÇÃO

                O vereador Lucas Pocay usou a tribuna para declarar que não foi atendido em seu requerimento 704/2011 no qual  pedia informações sobre a a

23/06/2011

 

               O vereador Lucas Pocay usou a tribuna para declarar que não foi atendido em seu requerimento 704/2011 no qual  pedia informações sobre a avaliação diagnóstica elaborada pelo sistema ourinhense de monitoramento e avaliação regular do ensino municipal em conjunto com a USP. Nesse requerimento, o vereador questiona, como foi feito esse projeto, qual o objetivo, o convênio, quanto custa para o município, quem está a frente, dentre outros tópicos.             O vereador afirmou que recentemente, leu em um jornal da cidade , uma matéria que dizia que Ourinhos fora contemplada com um Projeto Piloto Educacional, resultante  de uma parceria entre a Secretaria de Educação e a USP – Universidade de São Paulo. Segundo a matéria, essa parceria custaria mais de  R$ 300 mil aos cofres municipais.            O vereador declarou que recebeu uma resposta do Procurador Geral do Estado,  ligado a USP, afirmando que a instituição não está envolvida no projeto Programa de Reconhecimento do Professorado pela Dedicação a Aprendizagem.               Lucas pede para que o prefeito venha até o Legislativo e responda o que está acontecendo.