Falta de iluminação pública volta a ser debatida na Câmara

Falta de iluminação pública volta a ser debatida na Câmara

26/06/2015

A falta de iluminação pública em diversos bairros voltou a ser tema de debate durante a 21ª Sessão Ordinária da Câmara de Ourinhos, realizada no último dia 22.

O vereador Inácio J.B. Filho (PT) abriu os pronunciamentos sobre o tema. “Fica aqui minha indignação quanto à iluminação pública do Jardim Guaporé. As coisas quando são para benefício do povo, demoram muito para acontecer, já quando são impostos, aumento de salários, querem que aprovemos”.

Em seguida, o vereador Aparecido Luiz “Cido do Sindicato” (PTB) também entrou no debate. “Fiz requerimento para iluminação da rua Edwin Haslinger, inclusive estou sendo repetitivo, pois o pedido já foi feito várias vezes. Também estou solicitando iluminação na rua da Imprensa na Vila Odilon e vários outros bairros. Não é possível que ainda tenhamos lâmpadas queimadas pelo prazo que a CIP já foi implantada”.

O vereador Alexandre Araújo Dauage “Alexandre Zóio” (PRB) finalizou a discussão revelando outros locais que também estão sem iluminação. “Mais uma vez estamos comentando sobre iluminação pública e a demora nos procedimentos da Prefeitura. Por exemplo, no Distrito Industrial 1, na entrada do Guaporé, no dia que o Secretário de Finanças esteve aqui foi questionado sobre a iluminação do local e foi dito que dependia da CPFL fazer o orçamento. No entanto, o que vemos é um jogo de empurra entre as secretarias municipais, há mais de um mês falaram que a CPFL já tinha sido paga, mas chequei e não recebeu nada para baixar a tensão e então a prefeitura iniciar a iluminação pública do local”.

Zóio esclareceu o papel dos vereadores em relação às necessidades da população. “É importante deixar claro que não depende dessa Casa de Leis muitos serviços, nós fiscalizamos, quem tem o poder de executar é a prefeitura”.