Câmara aprova abertura de CPI para investigar venda de materiais inservíveis da Prefeitura de Ourinhos nos últimos 5 anos.

Câmara aprova abertura de CPI para investigar venda de materiais inservíveis da Prefeitura de Ourinhos nos últimos 5 anos.

29/03/2017

Vereadores aprovaram durante a 7ª. sessão ordinária o Requerimento de nº. 1.053/2017 que solicita a constituição de Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI – para investigar a venda de materiais inservíveis, supostamente realizada sem o devido processo legal, nos últimos cinco anos, pela Prefeitura Municipal de Ourinhos.

 

A CPI vai apurar se a Prefeitura realizou a venda desses bens, quais os valores arrecadados, se houve o devido processo administrativo autorizando a venda, quantas e quais empresas participaram do processo.

 

Após a aprovação do requerimento, foram designados, através de sorteio, sete vereadores para compor a CPI: Cícero de Aquino (PRB) como presidente da Comissão, Éder Júlio Mota (PSC) como relator e como membros Carlos Alberto Costa Prado (PSB), Anísio Aparecido Felicetti (PR), Caio César de Almeida Lima (PSC), Salim Mattar (PSDB) e Abel Diniz Fiel (PTC).

 

 

A Comissão Parlamentar de Inquérito tem o prazo de funcionamento de 120 dias prorrogáveis por igual período para elaborar um relatório concludente que deverá ser colocado em apreciação do plenário.