Aprovado projeto do vereador Caio Lima que cria a ‘Semana Municipal de Conscientização sobre a Síndrome de Irlen’

Conscientizar educadores e alunos sobre a Síndrome de Irlen é a proposta do projeto aprovado por todos os vereadores da Câmara Municipal

22/05/2019

O Projeto de Lei nº. 30/2019 de autoria do vereador Caio Lima (PSC) institui no Calendário Oficial do Município de Ourinhos a “Semana Municipal de Conscientização sobre a Síndrome de Irlen” a ser comemorada todos os anos durante a segunda semana de fevereiro. O projeto foi colocado em votação durante a 16ª. Sessão Ordinária e com a sua aprovação fica autorizada a realização de eventos e palestras com o objetivo de conscientizar educadores e alunos sobre o conceito da Síndrome de Irlen, seus sintomas, diagnóstico e tratamento.

“É muito importante haver orientação sobre a Síndrome de Irlen nas escolas. Trata-se de uma dificuldade na manutenção da atenção, compreensão e memorização da atividade ocular durante a leitura que pode causar um déficit de aprendizado e comprometer o comportamento nas relações sociais. Apesar de já existirem Centros de Diagnóstico e Tratamento em 42 países, a Síndrome de Irlen ainda é pouco conhecida no Brasil e cerca de 46% das pessoas com dificuldades escolares possuem a síndrome que muitas vezes é confundida com dislexia, déficit de atenção ou autismo”, explicou Caio Lima.

Os principais sintomas da Síndrome de Irlen são: alta sensibilidade à luz, restrição do campo visual periférico, dor de cabeça, dificuldades de manter o foco durante a leitura, de adaptação a contrastes e concentração. A observação em sala de aula é fundamental para o diagnóstico precoce pois crianças com a Síndrome de Irlen enxergam bem e não percebem que possuem estas alterações ou distorções na visão. A Síndrome é diagnosticada por um exame de processamento visual realizado por um profissional da saúde ou de educação capacitado e a idade ideal para a realização do exame é por volta dos 6 ou 7 anos, por ser a fase inicial da leitura e escrita.